sábado, 22 de dezembro de 2012


Os pavões do mau gosto


Não sei se me vão perceber, mas vou fazer por isso. Há um terreno fértil no mundo da maquilhagem, nomeadamente no que diz respeito às cores das sombras. Elas são verdes, amarelas, azulinhas, rosas, lilases... É de mim ou o pessoal que se kita com essas cores, precisa, urgentemente, de uma consulta oftalmológica, sob pena de estar em estado avançado de cataratas na juventude?
Ora, baseada neste estudo pelas paletes, cataloguei as mulheres em categorias diferentes, mediante a escolha da maquilhagem:
 
As aziteiras, aspirantes a dançarina de banda pimba, cuja playlist vai de brasileirices brejeiras a Emanuel - Estas queridas gostam de se maquilhar qual pavão em dança de acasalamento. Quanto mais cor, mais vivacidade, mais alegria. Gostam de combinar sombras azuis, verdes e violetas com roupa rosa choque, botas brancas, cinto largo pelas ancas, denotando-se, por norma, uns quilinhos a mais.  
 
A funcionária de escritório que gosta do pandan. - Estas são mais finas. Trata-se daquelas mulheres que gostam de manter um linha condutora, combinar a cor da camisolinha de malha, por norma, um tamanho abaixo do seu, com a sombra das pálpebras. Têm uma preferência pelas sombras rosa e azul. Os verdes, amarelos e violeta são demasiado para mulheres recatadas. Este género também gosta muito de usar uns colares carregados de bolas esquisitas e aquelas pulseiras Pandora caríssimas. Outro nível.


A professora do 1º ciclo chic, inspiração Margaret Thatcher - Este tipo de mulher, revela-se a partir da meia idade. Gosta de usar maquilagem carregada. Uma base cara que sirva de pasta, um baton cor de vinho e uma sombra nude ou azul claro. Equipam-se de marcas, gostam de usar um capacete fixo que tranfere um odor a laca num raio de 10 metros.
 


 
As góticas que se espalham ao comprido - Ora, não se enganem. Estas meninas, para além de gostarem imenso daquelas roupas dramáticas e absurdas para o dia a dia, dada a sua nula comodidade, adoram exagerar na maquilhagem e na cor dos cabelos (azul, roxo, rosa...). Gosto de peças góticas, do conceito da maquilhagem, mas o exagero nunca me fascinou. É pena, porque até daria uma bela matrafona de Torres Vedras.
 
 
E, para terminar, as tias falidas deste Portugal - Estas senhoras, vulgo pedintes de luxo, reconhcem-se facilmente. Passeiam-se sempre com imensa bijuteria brilhante Guess ou Just Cavalli, botas altíssimas, imensos penduricalhos na roupa, e uma cútis laranja solário. Por norma, possuem cabelos de aparência pastosa, tendo em conta a quantidade de laca e espuma que usam. A maquilhagem, embora não seja do mais garrido, acaba por nunca funcionar em condições nessas queridas, dado o exagero da base, a sua cor tijolo e o mau estado da pele.
 
Podia passar o dia nisto, mas tenho que ir fazer uma sandes que estou cheia de fome.

 




9 comentários:

  1. Que excelente análise dos "pavões" nacionais! Adorei!

    Espero que as festas sejam óptimas ao lado de quem mais amas! Um excelente 2013 :)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Quem é que nunca teve uma professora estilo Dama de Ferro? Eu tive. Leccionava geografia e a alcunha dela era Robocop. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tive uma, também de Geografia, que era a Batman! Eehehheh

      Eliminar
  3. Bem, eu não consigo avaliar da veracidade desta análise, porque sou gajo e gajo não percebe patavina dessas merdas de pôr na tromba. eheheh
    O que sei é que me fartei de rir com os exemplos.
    Hoje estás inspirada... ou menos melancólica? xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh lá, estás com um nome! Em latim e tudo. Isso é que tu estás fino!

      Eliminar
  4. Hehehe que maravilha, descreveste perfeitamente estes estilos de azeitice :p
    Toda a gente já teve professoras com look Margaret lol

    ResponderEliminar
  5. Lol. Amei a lista. Mas olha que realmente isto dava pano para mangas. A ver se para a próxima comes um bitoque antes de começares a escrever :P

    ResponderEliminar
  6. Gostei destas descrições e...estou com a Wendy, para a próxima comes antes de vir (um bitoque não, que sei que és vegetariana, certo?) ;P

    ResponderEliminar